Aves de rapina

 Como todas as aves, as aves   de rapina são vertebrados de sangue quente e possuem o corpo revestido por penas; têm os membros anteriores adaptados ao voo (asas) e os ossos ocos, o que as torna mais leves.Como todas as aves, as aves   de rapina são vertebrados de sangue quente e possuem o corpo revestido por penas; têm os membros anteriores adaptados ao voo (asas) e os ossos ocos, o que as torna mais leves.Como todas as aves, as aves   de rapina são vertebrados de sangue quente e possuem o corpo revestido por penas; têm os membros anteriores adaptados ao voo (asas) e os ossos ocos, o que as torna mais leves. Como todas as aves, as aves de rapina são vertebrados de sangue quente e possuem o corpo revestido por penas; têm os membros anteriores adaptados ao voo (asas) e os ossos ocos, o que as torna mais leves.​

​Denominam-se aves de rapina devido à forma como capturam as suas presas. Possuem uma excelente visão de longo alcance, garras fortes para  apanhar as presas e bicos recurvados e pontiagudos para rasgar a carne, o que as torna muito ágeis na captura do seu alimento: grandes artrópodes, peixes, anfíbios, pequenos mamíferos e/ou pequenas aves.

 

As Aves de Rapina, carnívoras por excelência, têm um papel ecológico importante no seu habitat. São predadores de topo na cadeia alimentar, caçam unicamente para sobreviver, ajudando assim a controlar as populações das espécies de que se alimentam, e contribuindo para manter o equilíbrio do ecossistema.

​ 

​Actualmente, são várias as ameaças às populações de aves de rapina: poluição, destruição dos habitats naturais, abate por caçadores, caça furtiva de aves e ninhos (por serem consideradas uma ameaça pelo homem).

​ 

Aves de rapina diurnas
​​​​​​​​​Enquanto aves de hábitos diurnos, têm normalmente um sentido da visão bastante apurado, embora não vejam praticamente nada de noite. Dependem da visão para caçar, possuindo olhos com características muito específicas: visão binocular e telescópica, pelo que conseguem ver com muito detalhe ao longe. Conseguem detectar alguns raios ultravioletas. Possuem as patas revestidas por escamas, e dividem-se em dois grupos: aves de alto voo (falconídeos) e aves de baixo voo (aves florestais).

​​​​
Aves de rapina noturnas

De hábitos nocturnos ou crepusculares, aspecto maciço, cabeça grande e face achatada. A sua plumagem densa e maciça e as características extremidades das suas regimes, tornam o seu voo silencioso. Os orifícios auriculares irregularmente posicionados, ajudam a localizar acusticamente a presa com grande precisão. Os olhos são grandes, virados para a frente e imóveis. O seu campo de visão é bastante extenso, o que se deve à grande mobilidade da cabeça, capaz de girar cerca de 270º. O sistema de visão destas aves é considerado sem paralelo no reino animal; vêem tão bem de dia como de noite, e crê-se que a sua visão seja nítida a cerca de 1,5Km de distância.

Aves de rapina | Espécies existentes em Portugal

Aves de rapina noturnas

ORDEM STRIGIFORMES
Família Tytonidae
   Coruja-das-torres  Barn Owl (Tyto alba)
Família Strigidae
   Bufo-real  Eagle Owl (Bubo bubo)
   Mocho-de-orelhas  Eurasian Scops Owl (Otus scops)
   Mocho-galego  Little Owl (Athene noctua)
   Coruja-do-mato  Tawny Owl (Strix aluco)
   Coruja-do-nabal  Short-eared Owl (Asio flammeus)
   Bufo-pequeno  Long-eared Owl (Asio otus)

Aves de rapina diurnas

ORDEM ACCIPITRIFORMES
Família Accipitridae
   Bútio-vespeiro  European Honey-buzzard (Pernis apivorus)
   Peneireiro-cinzento  Black-shouldered Kite (Elanus caeruleus)
   Milhafre-preto  Black Kite (Milvus migrans)
   Milhafre-real  Red Kite (Milvus milvus)
   Britango  Egyptian Vulture (Neophron percnopterus)
   Grifo  Griffon Vulture (Gyps fulvus)
   Grifo-pedrêz  Rüppell's Vulture (Gyps rueppellii)
   Abutre-preto  Monk Vulture (Aegypius monachus)
   Águia-cobreira  Short-toed Eagle (Circaetus gallicus)
   Águia-sapeira  Marsh Harrier (Circus aeruginosus)
   Tartaranhão-cinzento  Hen Harrier (Circus cyaneus)
   Águia-caçadeira  Montagu's Harrier (Circus pygargus)
   Açor  Northern Goshawk (Accipiter gentilis)
   Gavião  Eurasian Sparrowhawk (Accipiter nisus)
   Águia-d'asa-redonda  Common Buzzard (Buteo buteo)
   Bútio-mourisco  Long-legged Buzzard (Buteo rufinus)
   Águia-malhada  Spotted Eagle (Aquila clanga)
   Águia-imperial  Spanish Imperial Eagle (Aquila adalberti)
   Águia-real  Golden Eagle (Aquila chrysaetos)
   Águia-calçada  Booted Eagle (Hieraaetus pennatus)
   Águia de Bonelli ou Águia-perdigueira  Bonelli's Eagle (Hieraaetus fasciatus)
Família Pandionidae
   Águia-pesqueira  Osprey (Pandion haliaetus)

ORDEM FALCONIFORMES
Família Falconidae
   Francelho  Lesser Kestrel (Falco naumanni)
   Peneireiro-comum  Common Kestrel (Falco tinnunculus)
   Falcão-vespertino  Red-footed Falcon (Falco vespertinus)
   Esmerilhão  Merlin (Falco columbarius)
   Ógea  Hobby (Falco subbuteo)
   Falcão-da-rainha  Eleonora's Falcon (Falco eleonorae)
   Alfaneque  Lanner Falcon (Falco biarmicus)
   Falcão-peregrino  Peregrine Falcon (Falco peregrinus)


 

ultima atualização:   27 ABRIL 2017

© 2012 Todos os direitos reservados  Ambifalco® | Espalhar Vontades Lda.                

  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • Blogger Social Icon
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now